O processo de representação e o uso da tecnologia

Tempo de leitura: 6 minutos

O processo de representação e o uso da tecnologia

Não é de hoje que a tecnologia ajuda a aprimorar os serviços de gestão e representação de trabalhadores (assembleia e votação) nas mais diversas instituições. No caso das entidades sindicais, importantes ferramentas digitais ajudam a manter a transparência e a legitimidade dos sistemas de votação online, com o compromisso de aproximar lideranças e associados.

Porém, em tempos de crise, em que a circulação de pessoas é restrita e o isolamento social transforma as relações de trabalho, novas formas de realizar os processos de deliberação precisam ser desenvolvidas, a fim de assegurar os direitos dos trabalhadores à participação ativa nas decisões coletivas, principalmente em sua instância máxima, ou seja, suas assembleias.

Nesse sentido, os sistemas de votação online apresentam uma enorme vantagem para todas as partes de organizações como sindicatos, associações e empresas de diferentes segmentos, uma vez que oferecem as condições necessárias para manter o diálogo permanente entre empregados e empregadores, sem descumprir as recomendações de distanciamento social.

Caso você ainda não saiba como funcionam as votações eletrônicas, este post é para você! Siga a leitura e descubra os meios e vantagens de implementar esse sistema na sua instituição.

Aproveite e visite nosso blog para mais temas ligados a TIC.

Mas, afinal, como funciona uma votação online?

Sistemas de votação online são plataformas que possibilitam as instituições criarem espaços públicos virtuais consolidados, nos quais a participação dos trabalhadores nas deliberações coletivas é garantida por meio seguro do voto eletrônico.

Em primeiro lugar, vale ressaltar que nesse tipo de operação, o voto permanece individual e secreto. Para quem ainda não conhece a votação online, esse é um detalhe muito importante a ser esclarecido.

Os sistemas de votação online apresentam as melhores soluções em termos de praticidade e segurança. Entenda:

– Votação pela internet, em nuvem, com as mesmas condições das votações presenciais;

– Sistemas de verificação e autenticação dos eleitores;

– Envio de documentos por foto;

– Toda a comunicação é digitalizada, incluindo a liberação de senhas e demais informações;

– Apenas as informações necessárias para o voto seguro são coletadas. Nenhuma informação é divulgada;

– Votos criptografados;

– Uso de protocolo HTTPS, criando um canal seguro de transferência de dados entre o navegador do eleitor e o servidor;

– Permite que os eleitores verifiquem se seu voto foi devidamente emitido e contado.

Dessa forma, critérios importantes para uma votação legítima, como privacidade, transparência e auditabilidade são garantidos, e os trabalhadores podem se sentir seguros e representados ao longo do processo de informatização das eleições.

Vantagens

A pandemia da Covid-19 já transformou profundamente o mercado e nosso modo de viver. Se antes a tecnologia apontava novas tendências na execução e gestão das ações sindicais, agora ela representa um importante aliado para a representatividade de trabalhadores e membros associados às entidades, no contexto de isolamento social, mas participação ativa.

Afinal, numa democracia, é por meio das votações que reivindicações, fiscalização e soluções de conflitos são feitas. Além disso, o caráter democrático e coletivo do voto ajuda a estreitar as relações entre lideranças e colaboradores. Além disso, os trabalhadores, no caso dos sindicatos, podem propor pautas a serem discutidas.

Por isso, é de extrema importância que as organizações implementem o voto eletrônico. Confira as vantagens para os eleitores:

– Permite que os eleitores votem de qualquer lugar, com rapidez, tranquilidade e segurança;

– Garante a confidencialidade das informações, utilizando os melhores sistemas de segurança de dados;

– Multiplataforma, o sistema de votação online funciona em diferentes dispositivos, permitindo que o eleitor vote do computador, celular ou tablet;

– Oferece comprovante de votação;

– Os eleitores podem acompanhar a evolução da participação em tempo real, e o resultado poderá ser conhecido logo após o término da validação de eventuais votos em separado.

Dessa forma, os membros das organizações podem exercer seus direitos, em pleno acordo com as normas de segurança e saúde, evitando aglomerações, sem abrir mão da representação no âmbito coletivo.

Perguntas mais frequentes

Ficou interessado, mas ainda restam dúvidas? Calma, pois ainda não terminamos! Para sua tranquilidade, selecionamos algumas das perguntas mais frequentes sobre a implementação dos sistemas de votação online. Veja a seguir.

1. Como faço para escolher os melhores softwares?

Antes de mais nada, é fundamental poder contar com empresas especializadas em Tecnologia da Informação e Comunicação, que apresentem as melhores soluções e ferramentas para viabilizar um processo eleitoral eletrônico seguro.

Não apenas essas empresas poderão explicar melhor as vantagens e meios de utilizar a votação online, como também oferecerão produtos atualizados e com a melhor relação custo-benefício.

2. Quais os custos envolvidos nesse tipo de investimento para as instituições?

Além da eficiência operacional, a votação online reduz significativamente os custos com processos de eleição tradicionais, como logística e deslocamento, por exemplo.

Portanto, investir nesse tipo de serviço representa uma importante vantagem econômica para as instituições. Novamente, cabe às organizações recorrerem às empresas especializadas para contratar as melhores soluções, respeitando o orçamento.

3. Como convencer os trabalhadores e membros integrantes da entidade a adotar o sistema de votação online?

Para que as votações eletrônicas funcionem plenamente no interior de uma organização, os gestores devem introduzir uma cultura digital entre os membros associados e criar um projeto de informatização que demonstre os benefícios de processos digitais para a representatividade social.

4. Qual o maior diferencial das votações online para a minha instituição?

As plataformas de votação online são versáteis e oferecem soluções customizadas, de modo a atender uma variedade de setores: votação de campanha salarial, assembleias, eleições sindicais, representante de conselho em órgãos estatais, eleição de conselhos de classe, etc.

A automatização de processos permite computar votos e divulgar resultados mais rapidamente. Dessa forma, as apurações tornam-se mais confiáveis e mais votações podem ser efetuadas.

A possibilidade de votar remotamente é um grande diferencial para os eleitores.

Os administradores podem programar as eleições, definindo horários e prazos que atendam a todos os envolvidos.

Conclusão

Atualmente, os sistemas de votação online representam o que há de melhor no mercado, em termos de praticidade e eficiência. Órgãos públicos, confederações, sindicatos, corporações, condomínios e mesmo escolas podem se beneficiar adotando esse tipo de sistema para a resolução de problemas internos e nomeações de cargos importantes.

Em tempos de pandemia, é fundamental que as bases de trabalhadores ou membros de associações mantenham suas vozes ouvidas e respeitadas pelos empregadores ou líderes das organizações.

Participar das principais decisões de caráter coletivo é um direito básico e uma forma de contribuir para sociedades mais justas.

Ficou interessado? Saiba mais em nosso site.